segunda-feira, agosto 09, 2004

!
Mais uma vez fui pra Vitória a trabalho, essa vida é por demais cansativa, O que poderia ser uma diversão, passear é sempre bom, na verdade não foi. Tá, tudo bem, não foi tão ruim assim. Não QUEria assumir, mas foi bastante divertido, apesar de ter ´esquentado´ os dedos com fios quentes. Passei(amos) o dia todos pra soldar 8 pontos de terminais, mais 2 cabos para impressora, além de testar todos os pontos de terminal, para que nada de errado. VOCÊ simplesmente vai pensar, puxa, passar o dia todo só pra isso, certamente eu irei responder: você só pode ESTAR louco, isso dá uma trabalheira danada. Mas realmente dá muito trabalho, ficar soldando cautelosamente 5 fios em cada conector, fazer jump, testar, queimar o dedo, passar sufoco, abaixar em lugares apertados, fumaça subindo pelo nariz, tosse, óculos embaçado, enfim, uma porção de coisas que realmente cançam a gente.

No fim do dia, pronto pra ir embora, ainda tem que ficar PROCURANDO e juntando as ferramentas espalhadas para tudo que é lado. Não sei com vocês, mas eu costumo ir largando ferramenta por onde passo e depois fico que nem um louco procurando. Isso já foi pior, agora estou procurando me policiar e organizar mais as coisas. Estou quase lá não me precione muito, mas um dia eu chego lá.

A viagem de volta foi muito tranquila, assim como a de ida também foi, NAda de correr demais, velocidade constante, uns 120km/h de média :PPP

Cheguei em Colatina tarde para a primeira aula da faculdade - que por sinal tem quase 15 dias que começou e eu só fui 2 dias - então resolvi ligar para um amigo que estuda comigo pra saber se teria a segunda aula, nas ENTRELINHAS de meu pensamento eu estava louco para que ele dissesse que não tinha. Pra minha felicidade ele disse que não tinha. HEIM? eu disse, não vai ter a segunda aula mesmo não??? Yuuuupieeee... Vai eu pra casa, feliz da vida.

Finaliza assim, mais um dia de trabalho desse pobre trabalhador :P
text by: 04/08/2004

Sexta feira, eu voltei lá, tinha muita coisa para ser feito. Ralei pra burro. Mas na verdade o que eu queria ver eu vi. É a menina que trabalha pra vivo, que gracinha de menina, que sorrizo, que olhar, que voz..
Cheguei em casa morto, mas mesmo assim feliz :)

ps.: vo fazer um post em homenagem a menina da vivo!
¡

Antigo postem no outro mais acima :P



0 Comments:

Postar um comentário

<< Home