sexta-feira, dezembro 10, 2004

!
ENGENHEIROS DO HAWAII



Hoje tem Show dos Engos no Mais em Guaraparí-ES e eu não consegui arrumar 4 pessoas mais pra racharmos um carro até lá!

Caralhos, sou assumidamente fã da banda a mais de 10 anos. Curto muito o som da banda, as letras e às vezes até a excentricidade de Humberto Gessinger.

Há exatos quatro anos que não vejo o show dos caras. O último foi em João Neiva, logo após o lançamento dos 10k Destinos (se não me engano). Foi um dos melhores shows que eu já vi deles (foram 4 no total).

O primeiro e talvez o melhor de todos foi aqui em Colatina, 1995. Eles ainda não tinham nem lançado o Simples de Coração e era, segundo Humberto, a estréia de Paolo Casarin (um excelente arcodeonista). O show foi marcado por alguns problemas técnicos e talz. Mas foi, sem sombra de dúvidas FENOMENAL. Apesar de muita gente criticar o Simples e essa formação, pra mim é um dos melhores discos dos engos. Ricardo Horn tinha uma veia Blues que muito me agradava. O cara tinha um feeling muuuuito interessante. Mas infelizmente essa formação não foi à frente.

O segundo show foi também em Colatina, 1997 já com a formação que nascera do Gessinger Trio. O show foi bem mais morno que o anterior. O show me agradou por ser fã da banda. Mas o show de 1995 foi infinitamente superior. Mas esse show deu pra mostrar que os 'moleques' que o acompanhavam sabiam muito bem o que estavam fazendo no palco.

O terceiro show foi em Linhares, dois anos (novamente) depois, em 1999. O show foi muito bom também. Muito melhor que o de 1997, mas não melhor que o de 1995. A seleção de músicas desse show foi bem legal. Curti muito. Neste show, fui acompanhado do Rogério e de sua irmã Regiane (ambos vocalista de uma banda pop chamada Overnight) e foi nesse show em que o pacto de irmandade que tinha com uma amiga foi pro saco (mas isso é uma outra história que passou da hora de ser contada). Muito legal isso de viajar e talz, assistir a show. Mal sabia eu que anos depois eu faria algumas viagens mais pra assistir shows. Poderia aqui contar várias coisas sobre a viagem e o show, mas o post ficaria absurdamente maior. Quem sabe eu o faça outro dia?

O quarto e último show foi na cidade de João Nevia, em 2000. Um excelente show. Me fez tremer nas bases ao iniciar. Abriram o show com A Violência Travestida faz seu Trottoir. O show foi muito massa. Fiquei bem na frente, a menos de 3 metros do Gessinger. Fomos em quantidades maiores de gente. Eu, Rogério e Regiane, meus Primos Paulo (ex-guitarrista da Metal Millicia e atual StrongerHell) e Henrique e um velho amigo meu, Arllen. O repertório estava fantástico também. Mesclaram músicas antigas e novas. Fizeram um bom trabalho.

E desde 2000 não consigo assistir um show deles. Nesse meio tempo, parei de ouvir a banda, voltei novamente, parei e agora estou na ativa novamente. Não sou mais aquele fã cego. Curto muito mais coisa do que outrora curtia. Mas ainda gosto.

E agora, achei que conseguiria, mas infelizmente não vai dar. Vai ter que ficar para uma próxima oportunidade.

Antigo postem no outro mais acima :P



0 Comments:

Postar um comentário

<< Home