sábado, janeiro 08, 2005

!
CUIDADO COM AS BANDEIRAS

Defender bandeira sobre algum tipo de assunto pode ser meio complicado. As pessoas que o fazem devem estar preparadas para enfrentar todo o tipo de ataque. De uma forma ou de outra a pessoa tem que estar prepara a ouvir opniões contrárias àquilo que ela acredita, e saber respeitar a opnião alheia (acima de tudo, claro).

Desmembrei esse post para poder dar uma incrementada nele. O fato que eu vo narrar brevemente aqui aconteceu na Barra do Sahy nesse final de ano e como eu gostaria de abordar de uma forma mais ampla o assunto, optei por isso.

Estavamos na Barra do Sahy, Caliman, Arllen, Eu e mais um punhado de amigos lá. Um indivíduo que não quero citar o nome chega perto da gente e dirige a palavra ao Arllan: Pô! que amigos mais fracos você arrumou cara, não bebem nem nada. Não satisfeito em não respeitar a nossa vontade de não beber aquela noite, ainda veio com mais uma piadinha: Porra cara, falando em direção ao Caliman, Eu que sou crente estou bebendo. Mais que instintivamente Caliman responde: E daí? Eu sou ateu e não estou bebendo.

Só sei que Caliman quebrou o cara no meio. Ele ficou totalmente sem ação e em questão de segundos desapareceu. Não voltou mais à nossa beira. Na verdade não o vi a noite toda.

É bem engraçado, mas alguns fatos devem ser levados em consideração. O cara se diz crente e tudo mais, mas só está frequentando a igreja pois arrumou uma namorada que assim o faz. Eu sei quem é o cara e sei que ele virará as costas pra igreja assim que o namoro der por terra. Mas mesmo que o namoro não acabe, o cara não tem o direito de se achar 'o salvo' pois está nessa por puro interesse.

Essa coisa de bandeira é complicado. Não gosto de defender bandeira alguma (nem a bandeira do meu time eu me lembro qual é), não gosto de ser rotulado nesse sentido, gosto de ter minha opnião e ouvir as outras, assimilar o que de util tiver e descartar o que não se adequa à minha realidade.

Como eu disse mais acima no post as pessaos que defendem alguma bandeira tem que estar muito bem preparada para sofrer algum tipo de ataque.

Eu tenho um sério problema, quando eu vejo que uma pessoa defende alguma coisa e por algum motivo a gente venha a conversar sobre (e normalmente quando isso acontece a pessoa esta disposta impor o que ela acretida) eu já me preparo para poder atacar. Se eu não conheço bem o assunto, eu vou até onde eu conheço e nada além disso, não me deixo falar bobagem, mas se o assunto em questão for algo que eu conheça um pouco mais e tenho argumentos para poder conversar, a pessoa vai ter que se desdobrar em explicações para comigo.

Eu assumo, nessa questão eu sou muito chato, pego no pé mesmo. Normalmente as bandeiras defendidas são por pessoas que mal conhecem o que estão falando. Defendem uma bandeira apenas por dizer: 'eu sou isso' ou 'eu faço aquilo' mas que na verdade não tem embasamento algum para o que está falando. E quando eu percebo isso, vou no calo da pessoa até cansar.

Algumas pessoas se irritam, outras se emputecem. Algumas poucas aceitam a discussão numa boa. Mas acho que no final das contas eu acabo só fazendo inimizades ou causando algum tipo de afastamento, mas tudo bem. Segue a vida.
¡

Antigo postem no outro mais acima :P



0 Comments:

Postar um comentário

<< Home