sexta-feira, fevereiro 25, 2005

Peso ou liberdade?

Andei me perguntando sobre os verdadeiros "pesos" que ateus e teístas carregam.
Os ateus sempre falam que os teístas escolheram o caminho mais fácil, o caminho da inércia, do não questionamento, mas eu fico pensando, será realmente que o caminho mais fácil é o deles?
Nós vivemos sem temor a um deus, sem o peso do pecado, enquanto os teístas vivem numa constante incerteza sobre seu destino, sem saber se no final terão a vida eterna ou ficarão pagando por seus pecados.
Lógico que se questionar sobre valores que lhe foram dados desde o seu nascimento não é uma tarefa fácil, mas a partir do momento que você se liberta dos dogmas religiosos, você passa a viver a sua vida de acordo com suas próprias vontades, com a idéia de que a morte é o fim e nenhum inferno lhe aguarda.
Enquanto a vida religiosa é cercada de afazeres e esforços em “nome do Senhor”, orações, boas ações, perdão, misericórdia, estudo da palavra de deus, além de total entrega da sua vida.
Nós não vivemos preocupados com a nossa alma ou com os pecados capitais, por exemplo.
Tudo isso me fez pensar, realmente o caminho teísta é mais fácil? Pois mesmo que soframos preconceitos, muitas religiões também sofrem, a nossa única dificuldade é alcançar a liberdade, será que realmente a “verdade” é um fardo para nós?

Antigo postem no outro mais acima :P



0 Comments:

Postar um comentário

<< Home