sexta-feira, julho 15, 2005

!
Esse discurso foi escrito pelo nosso amigo SAULO, mas que por forças maiores não pode ser lido na colação de grau. Teve que ser feito outro bem as pressas para poder ser lido. Segue abaixo o original:

Discurso sistemas de informação 2005

Senhoras e senhores, boa noite. Em primeiro lugar gostaria de agradecer a presença de todos, ou melhor, gostaria de agradecer vosso sacrifício. Sabemos que a cerimônia de colação de grau é o evento mais chato já criado pelo homem. Para que as próximas horas não sejam tão penosas, sugiro a vocês o seguinte exercício: imaginem que todas estas jovens moças estão usando uma provocante cinta liga vermelha por baixo de suas becas.
Acredito que esse foi, um dos motivos que ajudou muitos de nós a estar aqui. Há se todos soubessem como as festas de faculdade são boas.

Em segundo lugar, sinto um profundo aperto no coração, em saber que aqui estão presentes, apenas os formandos, familiares e autoridades. Pois aqui deveriam estar, todos aqueles que pretendem cursar um curso superior. Simplesmente porque eles vão iniciar aquilo que hoje concluímos, e assim saberiam todas as nossas frustrações no decorrer desses 4 anos.

Bom o que eu mais aprendi durante esses períodos, foi não depender de alguém, mas como não depender de uma instituição na qual você sempre acredita que terá o suporte devido as suas necessidades. O nosso primeiro maior erro foi acreditar, que esse profissional estará apto a instalar e administrar ambientes operacionais, desenvolver e implementar sistemas e softwares aplicativos, incluindo o projeto e administração de redes de computadores e de bancos de dados distribuídos.
Acreditamos, e pagamos para ver, e hoje vemos, que fomos ludibriados pelo sistema.

E do mais íntimo dos colóquios de cada um de nós aqui formandos em Bacharel em Sistemas de Informação, deixamos nosso apelo, que se precisar depender de alguém que dependa de Deus.

Fomos estudantes de Sistemas de Informação, podemos dizer tecnologia da informação, sim, mas o que aprendemos, checar o seu e-mail, verificar se existe instalado em seu computador o Project / Mc Money / Pascal.

O nosso segundo maior erro foi esperar, que o próximo semestre seria melhor, que as coisas mudariam, que teríamos livros novos na biblioteca, que teríamos aulas nos laboratórios, laboratórios esses que ficaram prontos ontem, para quem chegou em 2001.

Éramos quase 50, hoje somos apenas 22, talvez esse foi o nosso terceiro maior erro, termos permanecidos.

E já que aqui estamos, apresentamos o nosso sentimento de que algo ficou a desejar, pois, nós acreditamos e esperamos que um dia isto possa mudar, e que as novas gerações de estudantes de Sistemas de Informação possam ser melhores atendidos e orientados, para a formação de um profissional.

E em terceiro lugar, ficam o nosso agradecimento aqueles que realmente se esforçaram, para nos transmitir alguma coisa, mais amena, da nossa situação e camuflar a realidade.
Deixamos também nossa gratidão ao nosso corpo docente e dentre eles ao nosso amigo e professor Léo Binda e a coordenadora do nosso curso a professora Maria das Graças Teixeira e ao Carlos Marcelo que gentilmente sempre nos ouviu e muito.

Durante os últimos 4 anos nós passamos muita raiva, chegamos a um quase desespero pelas provas em que juntos fomos aprovados, momentos de alegria e muita descontração por parte de alguns, que não puderam se formar conosco, mas deixou está mensagem.

“Sempre ouvi dizer que nossos sentimentos ficam mais aguçados nos momentos de tristeza. Nesta segunda-feira dia 11.Julho de 2005, percebi realmente isso.

Quando recebi o convite de formatura, me veio um sentimento de tristeza misturado com alegria, por todos vocês terem lembrado de mim, e feito uma declaração tão legal e de tanta importância para minha vida.

É bom expressar em palavras tudo que estava querendo dizer pra todos, um por um. Difícil, diria que impossível, quero apenas limitar em desejar a todos, toda a sorte do mundo, e que o Senhor nosso Deus possa estar acompanhado vocês agora, daqui pra frente como profissionais, e como Analista de Sistemas.

No entanto o meu Muito Obrigado a todos por nesses quatro anos, ou melhor 03 anos e meio juntos, vocês terem ampliado de uma forma incrível meu quadro de amizades, e por terem me ensinado tantas coisas que vou guardar pelo resto da minha vida.

Valeu turma,
Boa sorte em tudo.


José Rodrigues Lanes Júnior

E agora, hoje e sempre podemos nos orgulhar de ser a primeira turma de Sistemas de Informação do Unesc, e cada um de nós, trás consigo as marcas dessa vida que não foi nada fácil, mas, “se eu soubesse antes o que sei agora, iria embora antes do final”
Muito obrigado pela atenção e paciência. E para finalizar o meu discurso gostaria de propor um brinde ao nosso futuro incerto e ao inventor da cinta liga vermelha. Saúde!


By Saulo Vilas Bôas Santos
¡

Antigo postem no outro mais acima :P



0 Comments:

Postar um comentário

<< Home