terça-feira, agosto 16, 2005

!
VIAGEM, PARTE I - A IDA

Enbarque aconteceu com mais ou menos 10min de atraso. Saimos da estação as 9:30 aproximadamente e seguimos para nosso destino, BH-MG.

Esta viagem foi muito produtiva: Eu dormi, comi, li, dormi, comi, comi, dormi, li, li, comi, li, comi, li, li, li.

Lí os aproximados 50% restantes do segundo volume de O Guia do Mochileiro das Galáxias chamado O Restaurante no Fim do Universo e de quebra umas 70 páginas do terceiro volume A Vida, o Universo e tudo mais. Pretendo ler mais alguns pedaços dele aqui em BH. Se eu encontrar, devo comprar o quarto e ultimo volume da série e levar para casa.

O segundo volume já está prometido para o Robson, o Primeiro está com o André, láaaa em Viçosa. Meus livros resolveram viajar um bocado, repararam?

Pois bem, acho que essa viagem me passou uma sensação de ter passado mais rápida ou fui eu qyem se interteu em demasia com os livros que mal vi o tempo passar por meus olhos.

A vale trouxe algumas 'novidades' para essa viagem. Alem de ter mais dois vagoes para a classe executiva, somando agora um total de 5 vagoes para esa categoria, colocaram também um vagão para refeições. Me senti praticamente no X-cão, mas as cadeiras do vagão é bem mais confortável. A pizza não estava muito boa é verdade. Mas deu para se divertir legal, digo, comer bem.

Almoçamos essas pizzas por volta de 13:50 às 14:30. E aproveitei parte do tempo depois disso para tirar um belo cochilo (por isso estou acordado até uma hora dessas). Dormi até aproximadamente 16:30. Pela manhã eu tirei uma pestana também. Agora o sono custa a acontecer.

Chegamos na estação de BH por volta de 20:45 e com um pouco mais de 5min já estávamos no saguão do hotel preenchendo aquelas fixinhas chatas.

Marquinho e eu dividimos o mesmo quarto. Ele numa cama e eu na outra (é claro), separados ainda por uma mesinha. Ele já está bodado e eu aqui, no Notebook do Fabio, fazendo este post e vendo os gols na tv.

Falando em jogo, meu time perdeu mais uma este fim de semana, mas eu não ligo, eu não assisto futebol a algum tempo.

Segue um trecho do livro que fala sobre o verbete universo:

"População do Universo: Nenhuma.
É fato conhecido que há um numero infinito de mundos, simplesmente porque há um espaco infinito para que esses mundos existam. Todavia, nem todos sao habitados. Assim, deve haver um numero finito de mundos habitados. Qualquer numero finito dividido por infinito é tao perto de zero que nao faz diferenca, de forma que a populacao de todos os planetas do Universo pode ser considerada igual a zero. Disso podemos deduzir que a populacao de todo Universo também é zero, e quaisquer pessoas que voce possa encontrar de vez em quando sao meramente produto de uma imaginacao perturbada
".

Pronto, por hora é só. Boa noite pra todo mundo.

Antigo postem no outro mais acima :P



0 Comments:

Postar um comentário

<< Home