segunda-feira, novembro 21, 2005

!
CULTURA DE BOTEQUIM IV - MODO DE VIVER

Hoje pela manhã, antes de chegar ao trabalho, parei numa loja de um conhecido pois precisava passar um recado ao fulano. Enquanto eu aguardava pelo dito cujo encostado no balcão me deparo com um diálogo no mínimo curioso (e deprimente):


Oi!
Oi!!

Eu vim receber!
receber o que?

Um dinheiro.
Sim, eu sei, mas é referente ao que?

Ah, eu vim receber o dinheiro da pensão.
De quem?

Nossa! (nota do bonatto: já com um ar de stress com a pobre atendente. Como se a atendente fosse obrigada a adivinhar as coisas) A minha horas.
Tá Aguarde um momento (nota again: A atentendente pra não ter maiores problemas liga para o setor responsável pelo sistema afim de não prolongar seu difícil diálogo).


Já podia me dar por satisfeito, mas meu conhecido demorava a chegar. Então fui obrigado a continuar ouvindo os resmungos da dona mulher que foi fazer o recebimento.


Credo! Aqui em sempre assim. Todas as vezes é esse enrolo, essa demora pra receber. (nota de novo: Coitada da atendente novamente, ela não tem como lembrar a cara de todas as pessoas que passam lá para receber. E nem tem essa obrigação, diga-se de passagem)

Em todas as lojas que eu vou, não tem esse problema. É só aqui que tem isso. Em todos os lugares que eu vou eu recebo direitinho. Aqui é assim.


Neste momento o conhecido aparece, eu passo o recado e sigo minha jornada ao trabalho. Em quanto eu andava, pensava. Será que essa "pobre" (podre de espírito) criatura usa de fazer filho como fonte de renda? Quantos filhos ela deve ter espalhado pela cidade afim de ir buscar pensão em cada lugar e montar sua renda.

Será que existe mesmo pessoas com pensamento tão pequeno ao ponto de fazer isso? Custo acreditar, mas certamente deve ter. Infelizmente deve ter.

Pessoas desgraçam a própria vida, a vida dos filhos (que não tem nada a ver com isso e certamente nem verão a cor do dinheiro) e por fim desgraça a vida do pai da criança. Porque se uma mulher é capaz disso, é capaz de ferrar a vida do cara pro resto da vida.

Revoltante!
¡

Antigo postem no outro mais acima :P



0 Comments:

Postar um comentário

<< Home