terça-feira, novembro 22, 2005

Nessa última sexta-feira o povo manauara foi agraciado com o Non Stop Festival, o melhor festival de rock que eu já fui nessa cidade (tá que eu não fui em muuuuuuitos, mas esse de longe foi o melhor!).

O festival contou com a presença de quatro bandas locais: Mezatrio, Soda Billy, Several e Banana Punk, além da banda fluminense Autoramas. O local foi muito bem organizado, e para não haver intervalos entre uma banda e outra foram montados dois palcos.

Houve um pequeno atraso no começo, que segundo o vocalista da Mezatrio, foi porque uma das caixas de som (que eram bem grandinhas) caiu na cabeça do técnico de som... o pobre coitado foi parar no hospital, mas acho que ele deve ter melhorado bem rápido pq estava lá na hora que os shows começaram...

Tivemos que ouvir um bom pedaço da passagem de som da Mezatrio, mas valeu a pena esperar pelo show, foi realmente chorável; eles tocaram músicas próprias como “Luz no fim do túnel”, “Sentido da Estrada” e “Hot Dog”, além de covers como “Yellow” do Coldplay e uma música do Los Hermanos que eu não lembro o nome agora, só senti falta de “Sinais de Fumaça”, mas fica pra próxima...

Logo após foi a vez do Banana Punk, que eu ouvi pela primeira vez, o show foi bem legal apesar de eu não conhecer nenhuma música, deu pra agitar bastante; mas o auge do festival foi o show do Autoramas. Confesso que fui com um certo preconceito, achando que seria um tanto quanto ruim, mas logo de cara tive que calar minha boca, eles são muito fodas! Duvido que metade da galera sabia mais do que duas músicas deles, mas mesmo assim ninguém ficou parado!

Depois foi o show da banda Several, que apesar do pequeno público foi muito perfeito, os caras tocam demais e foi emocionante cantar “Ruínas de Cartago” bem ao lado do guitarrista! Teve ainda Soda Billy, que fechou a noite com um rock anos 50 muito divertido, tocaram até a musiquinha de abertura do Batman... Bem interessante!

Mas a parte divertosa aconteceu, assim que acabou o show do Several, quando eu resolvi ir até a barraquinha de cds (era só uma mesa e uma cadeira com uns cds em cima, mas não deixava de ser uma barraquinha né?). Quando eu cheguei perto eu vi que o cara sentado parecia muito com o vocalista do Autoramas, mas como eu estava sem óculos fiquei meio na dúvida. Depois de alguns segundos encarando-o eu tive certeza que era ele, mas estava uma cena meio feia, ele estava me olhando com uma cara meio estranha... acho que pensando “quem será essa retardada me olhando como se estivesse vendo um fantasma?” então pra melhorar a situação eu resolvi ir parabenizá-lo pelo show e tudo mais, e fiquei muito feliz e contente pq ele beijou minha mão!!! (Sim, eu lavei a mão depois disso... hehehehhe).

Foi uma noite ótima, organização muito foda, bandas muito boas, é bem legal ver que festivais nesse estilo estão cada vez tendo mais espaço aqui em Manaus, e que o povo está sempre comparecendo! x)))~

E dia 26 tem Fresno! 4 dias...

Antigo postem no outro mais acima :P



0 Comments:

Postar um comentário

<< Home