segunda-feira, setembro 18, 2006

!
DA SÉRIE: HISTÓRIAS DA MINHA INFÂNCIA. Parte II

Antes de começar a falar da parte II, preciso fazer um parêntese aqui:

Quando eu comecei a 1ª parte, minha intenção era de outro assunto de minha infância. Eu penso que às vezes os posts criam vida e se moldam como eles querem, a gente para de ter controle sobre ele e quando vai ver, pronto, está terminado. Fecha parêntese.

Meu contato com eletrônicos vem de berço, cresci futucando essas coisas. Lembro do meu primeiro contato com um Vídeo Game. Era um lindo ATARI


Atari 2600 Video Computer System

Eu ainda era um pirralho, devia ter no máximo 3 anos. Meu pai sempre me punha a testar os Ataris dos clientes que levavam pra consertar. O primeiro jogo que eu brinquei foi Pac-man. Um ser amarelo que sai comendo tudo que vê pela frente e tem que ficar fugindo dos fantasmas que tentam pegá-lo. Passa de fase depois do Mr. Pac comer todos os pontinhos da tela, outro detalhe, quando se come aqueles quadradinhos maiores, o pac-man tem o poder de comer também os fantasmas.




Passava horas a fio brincando, quer dizer TESTANDO, esse vídeo game. Anos depois, motivado por esse meu interesse por vídeo game, meu pai resolve "montar" um pra mim. Eu já estava bem mais grandinho :P . É impressionante como os jogos mais antigos eram bem mais divertidos.

Meu primeiro cartucho era um que tinha o jogo do pac-man e Megamania.

MegaMania é um jogo espacial. Você controla uma nave que tem a função de atirar nas outras naves quem vem ao seu encontro. Se não me engano, são 10 estágios. Ao passar do 10º, volta ao primeiro só que com um grau de dificuldade bem maior.


MegaMania da Activision de 1983


Passava muitas horas do meu dia (e da noite também) jogando. Megamania foi o primeiro jogo que eu zerei (na minha época se chamava bater quando você terminava um jogo) na vida. Você ia jogando e quando atingisse 999.999.999 o jogo parava. Demorei muito tempo para conseguir essa façanha.

Além desse cartucho duplo, eu tinha também o Keystone Kapers mais conhecido como Policia e ladrão. Ganhei de aniversário do Papai Noel.






É um jogo onde você é um policial (d´oh) e o objetivo do jogo é correr atrás do ladrão que roubou um supermercado. Como pode ver na figura, o supermercado possui 3 andares e um terraço. Se o ladrão conseguir chegar no terraço e fugir, você perde. Diversão garantida.


Outro jogo obrigatório para a molecada que tinha atari era o Enduro.



Enduro foi o meu primeiro "contato" com a fórmula 1 (ao menos eu o comparava com o F1). O jogo tinha diversas fases e você ganhava a bandeirada quando ultrapassava todos os outros carros até que o dia amanhecesse. Começava durante o dia, passava pela neve, pelo entardecer, anoitecer, bla bla bla. Enduro foi uma febre total. Me diverti muito com esse jogo.


Como podem perceber, os jogos tinham gráficos sofríveis para os tempos de hoje, mas certamente encantaram a molecada na época.

Só pra dar uma passada em alguns outros jogos que eu jogava muito:


PitFall. Se não me engano, a Nintendo chegou a fazer uma versão 16Bits para o S-NES mas nunca chegou aos pés da jogabilidade do ATARI


Adventure. O jogo do Labirinto.



Atlantis. Você tinha que defender a cidade das naves que a atacavam.


Boxing. Fazíamos campeonato de Box com esse jogo. Era muito bom.






Um dos meus favoritos. SUPERMAN. re-construir a ponte, prender os criminosos, levar a Lois de volta ao planeta diário e se transformar em Clark Kent novamente.


Nesse jogo, Cosmic Ark, você controla uma nave espacial que vai destruindo alguns asteróides e depois tenta capturar umas criaturas que estão no solo.



Decathlon. É como se fosse uma olimpíada (acho que é, né? ou não?), corrida de 100, 400 e 1500 metros. Corrida com Barreira. Lançamento de disco, lançamento de peso, salto com vara, salto em distancia. Esse jogo era o teste de fogo dos controles nada anatômicos da Atari.

Eu poderia passar o resto da vida, praticamente, falando dos jogos e da diversão que o atari proporcionava. Infelizmente diversão como esta, não existe mais.

ATARI marcou época em minha vida.....

Esperem por mais capítulos da Histórias da Minha Infância, se tiverem interesse.
¡

Antigo postem no outro mais acima :P



0 Comments:

Postar um comentário

<< Home