domingo, setembro 30, 2007


Tudo bem que, numa resenha, o politicamente correto é ouvir, sentir e analisar, para depois emitir as impressões e críticas sobre a obra do artista. Mas essa regra não vem ao caso quando a ansiedade da informação é maior que a sua dessecação anatômica e minuciosa. Na verdade, o que estamos diante aqui é de um diário pseudo-crônica, tipos os escritos na areia da praia pelo padre beberrão andarilho Anchieta.

Desde 1999, quando ainda existia a maior banda de ska capixaba do mundo, o Sasquach, todos se perguntavam: o que será do Rage Against The Machine? O Zack de La Rocha sai ou não sai? A banda acabou?

Findou-se sim, o Sasquatch virou uma banda cover do Rage, na melhor das hipóteses, pois tocou até meados de 2001, sei lá. Depois se transformou em Nuck, cover de Audioslive, Link Park e o novo metal enlatado dos anos 2000. É, meus brothers, vocês conseguiram se superar.

Enquanto isso, eu me remoia diante do som que aí estava. De boa, preferi aprender a gostar de jazz, bossa nova e a tomar uísque. Deixei de lado as distorções e efeitos de guitarra e o discurso anti-pequeno-burguês. Eu bebia, comia e ouvia música com eles. Enfim, eu quase acreditei que a não-verdade fosse veraz e absoluta.

Puro engano: Zack La Rocha está de volta, com um disco que a crítica está aclamando e a galera do Sasquatch se juntou com a moçada do Não Dou Xegues e montaram um puta banda de ska, que tem o nome provisório de Jukebox Ska Machine (no momento eles fazem apenas versões skazeiras de músicas consagradas).

E para piorar a minha crônica, eu recebi o convite de Bonatto há um ano, quase não comento e estou postando pela primeira vez. E para piorar ainda mais a minha situação, eu farei um ctrl c ctrl v da matéria da Luciana Maria Sanches do site Omelete para falara do disco do ex Rage Against The Machine:


Disco solo de Zack de La Rocha é definido como mistura de Led Zeppelin com Dr. Dre

Vocalista do Rage Against The Machine vem trabalhando no projeto desde 2000

24/09/2007

"Uma mistura de Led Zeppelin com Dr. Dre." Assim foi definido o primeiro álbum solo do vocalista do Rage Against The Machine, Zack De La Rocha, por algumas pessoas consultadas pela Billboard que já conferiram o trabalho.

De La Rocha vem trabalhando no projeto desde que saiu do Rage, em 2000, mas com a volta da banda só conseguiu concluí-lo agora. Um dos principais colaboradores do álbum é Jon Theodore, ex-baterista do Mars Volta.

Ainda sem título, o álbum foi gravado no estúdio ecologicamente correto do cantor Jack Johnson e não tem data de lançamento, já que De La Rocha não tem contratado assinado com nenhuma gravadora. Separados há quase sete anos, os integrantes do Rage Against The Machine se reuniram para o que seria uma única apresentação no Coachella Festival em abril. De lá pra cá, já tocaram outras inúmeras vezes e tudo indica que a volta pode render trabalhos futuros.

Antigo postem no outro mais acima :P



0 Comments:

Postar um comentário

<< Home