quinta-feira, novembro 29, 2007

O quarto filme da série Jogos Mortais (Saw) conseguiu superar todos os outros nos quesito história e complexidade, além de ser mais psicótico. A história começa no fim, se desenvolve no começo, termina no meio, e no final das contas, ela vai pro final. É um bate-e-volta constante, que envolve, principalmente, o terceiro filme. Por isso, se você for assistir o 4, tenha o 3 bem fresco em sua mente.
O que me impressiona é que o primeiro filme da "trilogia" foi de baixo custo, onde a história praticamente se limitava a um banheiro e dois caras presos nele, sem saber o que estava acontecendo. A idéia deu certo, e a cada filme a história fica mais rica e a produção mais grandiosa, até que nesse quarto episódio ela toma uma complexidade incrível. Eu não gosto muito desse gênero de filme porque a maioria deles se prendem a clichês e a muita tosquice. Mas Jigsaw é um personagem muitíssimo interessante, que não mata por matar.
Gostei muito. Agora, é só esperar pra ver se virá o Saw 5.

Antigo postem no outro mais acima :P



0 Comments:

Postar um comentário

<< Home