quinta-feira, outubro 30, 2008



Depois de muito tempo sem dar uma "tocada", me deparei com o lançamento de Guitar Hero: Aerosmith. Mais do que depressa, providenciei a minha versão diretamente com o Capitão Jack Sparrow, que me trouxe pelas torrentes que sustentavam o Pérola Negra.

A mecânica do jogo está a mesma do Guitar Hero 3 (que está a mesma do GH 2 e etc...), ou seja: EXCELENTE!!!! Os personagens selecionáveis são exatamente os mesmos de GH3 (inclusive estou jogando com o Axel Steel, obrigado), o que também achei bem legal, pois são bem carismáticos.

Até aí, tudo ótimo, nada de novo e muito menos cagado. Os gráficos do jogo estão pouquíssimo melhores do que os de GH 3, então quem jogou o antecessor no PC pode se deliciar com este, que aparenta estar um pouco mais fluido. A abertura está excelente e os membros da banda Aerosmith estão muito bem caracterizados em suas versões cartoon. As semelhanças acabam aí.

Logo ao criar o personagem, escolher o nome da banda e entrar no primeiro setlist, você é apresentado com depoimentos filmados em excelente resolução dos membros da banda, contando algo de sua história, como tudo começou e etc, como por exemplo: o nome da escola que eles frequentavam é Nipmuc e lá fulano conheceu cicrano, que graças a referências de bandas como X e Y, logo lançaram sua primeira música e bla bla bla...

Isso deu uma imersão imensa no jogo, já que logo na primeira música você está tocando algo que influenciou o Aerosmith. O jogo te apresenta 2 músicas iniciais: "Dream Police - Cheap Trick, 1979" e "All The Young Dudes - Mott the Hoople, 1972" (excelentes por sinal). Vencidas e devidamente tocadas, ao invés de ter a hora do ENCORE, como era no GH3, começa a hora do AEROSMITH!!!!!! Quem sobe no palco são os filhodaputinhas da banda e manda logo de cara "Make It - Aerosmith, 2007", para emendar logo depois "Uncle Salty - Aerosmith, 1975".

PORRA, realmente parece que você está ouvindo um CD, só que melhor do que ouvindo sabe? Você está PARTICIPANDO DA MERDA DO DISCO VÉI!!!! A boa sacada nisso é que o título vem emendando músicas novas e músicas velhas em uma ordem nada caótica, fazendo você adentrar cada vez mais no universo Aerosmith!!!

Eu sempre gostei de Aerosmith, porém confesso que nunca fui fã. Mas é tão bom você estar ali vendo a banda crescer ao mesmo tempo que vê aonde ela chegou, que parece que você é um flamenguista torcendo pelo o Flamengo no jogo do século no Maracanã.

Preparem-se, pois com certeza isso fará escola. Novas (e velhas) bandas com certeza embarcarão na mais nova forma de se "ouvir" música! Título muito recomendadíssimo e extremamente viciante, como todos os outros.

Agora é hora de pensar em adquirir outro teclado, pois meus F1, F2, F3, F4, F5 e Shift vão pro beleléu.

Na boa, valeu!

Antigo postem no outro mais acima :P



0 Comments:

Postar um comentário

<< Home