sexta-feira, outubro 17, 2008

!
SÓ UMA HISTÓRIA

Mais ou menos no início desta década, quando eu ainda fazia faculdade de Sistemas de Informação (não sei até hoje pra que serve, mas o nome é muito bonito) no Une$c, a gente costumava ir a algumas cidades vizinhas em dias de festas. Fizemos isso uma porção de vezes.

Costumeiramente um amigo meu, que tinha namorada, ia também nessas festas e - sem minha autorização - dizia para sua namorada que tinha trabalho pra fazer e que estaria na minha casa estudando e não queria ser importunado, pois tínhamos muito trabalho pra fazer. Isso aconteceu algumas vezes. Inclusive, ele dava essa desculpa mesmo quando eu não saia com ele (isso eu fui saber tempos depois).

Num belo domingo, apareceu um monte de gente lá em casa para pode estudar. Se não me engano a disciplina era Calculo alguma coisa. A namorada desse meu amigo, muito desconfiada aparece de repente la em casa e me pergunta pelo namorado dela. Eu respondo muito calmamente: O fulano foi ali comprar comida pra gente, ta quase na hora do almoço, e daqui a pouco estará de volta.

Ela não acreditou muito nessa história não, começou a me xingar dizendo que eu estava acobertando as escapadas dele, que isso não era coisa certa de eu fazer. Que essa historia de ir comprar comida era a pior desculpa que alguém poderia inventar na face da terra e me ameaçou para eu dizer onde ele realmente estava, pois ela tinha certeza que ele estava aprontando.

Quando ela está no meio do falatório, me aparece o fulano, com as duas mãos cheias de sacola de comida pra gente. A menina ficou verde, vermelha, rosa e outras cores mais de vergonha, pois tinha visto que eu estava falando a verdade e seu namorado tinha realmente saído pra comprar comida pra gente.

Ela pediu milhões de desculpas e nunca mais, até onde se sabe, importunou o menino por estudar.
¡

Antigo postem no outro mais acima :P



0 Comments:

Postar um comentário

<< Home