quarta-feira, novembro 19, 2008

Seu pênis é a verdadeira banda larga


O genoma humano tem 3.120.000.000 (3 bilhões) de pares de base. Assim sendo, cada espermatozóide tem 1.560.000.000 destes pares.

Cada par de base é formado por uma junção do tipo adenina-timina ou guanina-citosina ou vice-versa. Portanto, há quatro permutações possíveis para cada par de base. Podemos representar cada uma das proteínas da base por um número binário. Por exemplo, 00 para adenina, 01 para timina, 10 para guanina e 11 para citosina. Assim, cada par de base pode ser representado por um número de dois bits.

Em uma ejaculação normal, um homem libera entre 50 e 500 milhões de espermatozóides. Para facilitar os cálculos, peguemos 200.000.000 (200 milhões) como um número médio.

Assim sendo, a cada orgasmo, o homem libera 1,56*109 * 2 bits * 2,00*108, o que dá 6,24*1017 bits de informação.

Isso tudo em cinco segundos, o tempo aproximado de um orgasmo masculino.

Se fosse uma rede de dados, sua velocidade de transmissão seria de 15,600TB/s.

Levando em consideração que, com a conexão com a internet que tu tem em casa, a maior velocidade que tu consegue baixando arquivos via torrent deve ser em torno de 100KB/s, este número é um aumento e tanto.

Logo, o pênis é, aproximadamente, 156 bilhões de vezes mais rápido que teu modem para transferir dados.

Antigo postem no outro mais acima :P



0 Comments:

Postar um comentário

<< Home