segunda-feira, outubro 04, 2010

Trânsito, pela centésima vez

!
Sábado nossa queridíssima cidade estava um caos, gente, político e trabalhadores de político para tudo quando é lado. Poucas vezes a vi com tanta gente fora de uma data específica para o comércio.

Como tinha chovido muito neste dia, fui obrigado a vir para o centro sem a minha motoca, arrumei uma carona e fui trabalhar. Na hora de ir embora fui para o ponto esperar o ônibus.

Depois de 20min de espera não me contive, rumei em direção à ponte e fui caminhando. Lembrei do Alvim na hora: "Momento Alvim".

O passeio estava muito legal. O tempo não estava tão quente e tinha um vento bem interessante sobre a ponte. Pensando e andando eu seguia. No final da ponte senti meu pé doendo (o chinelo que eu estava não ajudou muito).

Atravessei a ponte, passei do posto Bruno e só depois disso consegui uma carona que me trouxe até em casa.

O que mais me espanta é que fiquei uns 20min no ponto e pelo menos mais 20min de caminhada sem passar nenhum ônibus. Foram mais de quarenta minutos e nada. Não dá pra aceitar uma cidade do tamanho da nossa ter um trânsito tão ruim assim.

Resultado da obra, meu pé doeu tanto que não consegui pedalar domingo pela manhã. Acho que já está na hora de aposentar o chinelo.

¡

Antigo postem no outro mais acima :P



2 Comments:

Blogger Marina Thebaldi said...

Trabalho em São Silvano e moro no centro. Todos os dias preciso usar a corredor do sofrimento em direção a ponte, dos dois lados.
No dia que chove e por alguma razão preciso ir de ôbibus, me abate o desânimo. Sinceramente, tem horas que dá vontade de saltar e fazer o restante do caminho a pé como você fez. Aliás, já fiz isso várias vezes antes de comprarmos a motinha.
O que sei é que está ficando cada dia pior e algo precisa ser feito. Urgente.
A cidade cresce e as antigas estruturas já não dão mais conta. Hora de evoluir.

8:31 PM  
Blogger Caliman said...

hehe... Colatina não é uma cidade projetada, e a quantidade de carros cresce a cada dia, por mais que melhorem a estrutura, em pouco tempo o transito volta a ficar ruim, e vai chegar uma hora em que simplesmente não vai caber mais carro na ruas. O que tem que acontecer de verdade é que os responsáveis nos forneçam melhores transportes coletivos e que tomemos vergonha na cara e deixemos de usar o carro para ir ali na padaria. Sinceramente, tenho carro, mas vou trabalhar de ônibus, às vezes espero demais no ônibus e fico puto, mas ao menos posso me distrair lendo alguma coisa, preso no transito de carro nem posso olhar para o lado direito, pois com esse movimento todo qualquer segundo de bobeira dá merda.
Muita gente é responsável pelo transito estar assim, inclusive nós mesmos.
Outro dia estava vendo com a Marina fotos da capital da Holanda, antigamente, quando os carros dominavam as ruas e atualmente, quando tiraram eles de lá. Existe estacionamentos fora da cidade para quem vem de fora, eles deixam os carros lá e entram na cidade com transporte coletivo, bicicleta ou a pé, livrando a cidade do inferno dos carros. Mas creio que é uma questão evolutiva, os holandeses já estiveram como nós, um dia seremos obrigados a fazer o mesmo.

8:43 PM  

Postar um comentário

<< Home